[AUDIO]

[TEXTO]

Apresento lhe o movimento Tara Recuperável

Tara Recuperavel é um movimento cívico de acção ambiental com um manifesto feito em Maio de 2012.

As garrafas e as latas podem deixar de estar nas praias e nas nossas ruas com medidas simples.

O Audio Press Portugal entrevistou o Daniel Gomes que é o responsável por este movimento.

“Daniel a nível das boas praticas todo este trabalho que vens a desenvolver há pelo menos 3 anos no Movimento Tara Recuperável já te dá uma ideia de quais é que são as boas praticas que estão a ser feitas a nível internacional e que não há aqui grande trabalho a fazer senão seguir as boas praticas dos países que já trabalharam seriamente este tema e que já o aplicaram. Nomeadamente nas caixas automáticas colocadas em locais públicos como acontece por exemplo na Holanda

(funciona com talões de desconto nas compras na entrega do vasilhame com ganhos mútuos para todas as partes).

(entrevistado)

E em relação ao nosso país Daniel Gomes deu o exemplo da cidade de Lisboa em que a câmara negociou uma recompensa monetária com a entrega e os resíduos passaram a ser uma fonte de rendimento para a autarquia.

A compra dos sacos de plástica implementada no início de 2015 terá tido um efeito imediato na redução dos sacos de plástico – já se vêm menos por aí a estragar o ambiente.

As garrafas de plástico são o lixo que mais se vê e é uma pena estas medidas ainda não estarem a ser feitas no nosso país.

“quando me perguntas te se tem que haver uma abordagem política ao problema sem sombra de duvida que tem porque o que estamos a fazer até agora não sou eu que digo não funciona. Se formos ver os números da Pordata a tendência de reciclagem é para diminuir em Portugal… isto considerando a quantidade de acções que têm sido feitas e o dinheiro investido e nós temos a percentagem de valorização de resíduos urbanos a descer segundos dados oficiais e até 2020 temos que ter uma percentagem de reciclagem de pelo menos 50% já não falta assim muito tempo, alguma coisa tem que ser feita e tem que ser feita e tem que ser feita ao mais alto nível e o mais depressa possível.”

Escute a entrevista na íntegra utilizando o leitor acima em “audio”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s